WeCreativez WhatsApp Support
Estamos prontos para atendê-lo!
Como podemos ajudar?
Laboratório Endocrimeta

Resultado de Exames

Central de Atendimento

(51) 3224.1788

ORIENTAÇÕES PARA LABORATÓRIOS DE APOIO

Coleta Domiciliar

Exames em sua residência ou trabalho.
Consulte essa facilidade, com atendimento
de Segunda à Sábado!

Intolerância alimentar

Descubra os alimentos que lhe fazem mal e adapte a sua dieta.

Intolerância à Lactose

Apenas com amostra de mucosa bucal.

Teste de Paternidade por DNA

Exame de Paternidade com certeza absoluta de 99,99%.

Sexagem Fetal

Conheça o sexo do seu bebê a partir da 8ª semana de gestação.

Intolerância Alimentar

Intolerância Alimentar: Conhecer Mais para Viver Melhor

Intolerância Alimentar (também conhecida como hipersensibilidade alimentar ou alergia tipo III) consiste em reações causadas por alimentos proteicos reconhecidos como estranhos pelo

organismo, e levando a reações mediadas, principalmente por IgG. Mais de 80 % das reações imunológicas têm sua origem no intestino que é onde garante uma barreira quase intransponível contra bactérias, vírus e outros agentes patogênicos.

Esses alimentos, substâncias e/ou fragmentos de proteínas, quando em casos de hipersensibilidade, causam inflamação da mucosa intestinal, aumentando a permeabilidade, sendo reconhecidos pelo sistema imunológico como elementos estranhos e agressores. São combatidos pelo sistema imunológico, formando imunocomplexos que, se não forem neutralizados,  serão depositados em tecidos e levando a processos inflamatórios.

São descritos na literatura mais de 150 sinais e sintomas associados à intolerância alimentar. Os sintomas mais comuns da intolerância alimentar são: desconfortos intestinais, inchaço, gases, enjoo, vômito, dor/cólica abdominal entre outros. A intolerância alimentar também pode desencadear processos de dor de cabeça/enxaqueca, depressão e acne. Excluindo o alimento da dieta por algum tempo (via de regra, por no mínimo 90 dias), tratando a mucosa intestinal e recompondo sua microflora, o alimento poderá ser reintroduzido à rotina do indivíduo observando sempre a frequência e a quantidade.

Diagnóstico da Intolerância Alimentar

Muitos indivíduos permanecem com o diagnóstico de Síndrome do Intestino Irritável por anos, até chegar ao diagnóstico definitivo de Intolerância Alimentar. Inicialmente são avaliados os sintomas após a ingestão de alimentos suspeitos pelo teste da provocação, sendo os alimentos suspeitos retirados da dieta para avaliação da persistência ou não dos referidos sintomas. Atualmente, o Laboratório Endocrimeta implementou mais este exame diferenciado para a intolerância alimentar, que avalia a pesquisa de anticorpos IgG presente no sangue frente à exposição a antígenos distintos pela metodologia de ELISA – Macroarray.

Alimentos Investigados no Exame da Intolerância Alimentar:

Leite e Ovos: Leite de Vaca, Ovo Total (clara e gema)

Peixes, Crustáceos e Frutos do Mar: Bacalhau, Hadoque, Linguado, Salmão, Truta,

Atum, Camarão, Caranguejo, Lagosta, Mexilhão.

Frutas: Maçã, Groselha Preta (Cassis), Azeitonas, Limão, Laranja, Grapefruit, Toranja,

Tomate, Melância, Melão, Melão Cantaloupe, Morango.

Grãos e Cerais: Trigo, Trigo duro, Glúten, Aveia, Arroz, Centeio, Milho.

Ervas e Especiarias: Gengibre, Alho, Mel, Fermento, Leveduras (panificação e bedidas).

Carnes: Carne Bovina, Frango, Cordeiro, Porco.

Castanhas e Sementes: Amêndoa, Castanha do Pará, Castanha de Caju, Noz, Noz de

Cola,Amendoim, Lentilha, Ervilha, Feijão, Soja, Cacau, Gergelim, Girassol.

Vegetais: Brócolis, Couve / Repolho, Cenoura, Alho Porró, Batata, Aipo, Pimentões, Cogumelo.