Laboratório Endocrimeta

Resultado de Exames

Central de Atendimento

(51) 3224.1788

ORIENTAÇÕES PARA LABORATÓRIOS DE APOIO

Coleta Domiciliar

Exames em sua residência ou trabalho.
Consulte essa facilidade, com atendimento
de Segunda à Sábado!

Intolerância alimentar

Descubra os alimentos que lhe fazem mal e adapte a sua dieta.

Intolerância à Lactose

Apenas com amostra de mucosa bucal.

Teste de Paternidade por DNA

Exame de Paternidade com certeza absoluta de 99,99%.

Sexagem Fetal

Conheça o sexo do seu bebê a partir da 8ª semana de gestação.

Intolerância Alimentar

Intolerância Alimentar: Conhecer Mais para Viver Melhor

Intolerância Alimentar (também conhecida como hipersensibilidade alimentar ou alergia tipo III) consiste em reações causadas por alimentos proteicos reconhecidos como estranhos pelo

organismo, e levando a reações mediadas, principalmente por IgG. Mais de 80 % das reações imunológicas têm sua origem no intestino que é onde garante uma barreira quase intransponível contra bactérias, vírus e outros agentes patogênicos.

Esses alimentos, substâncias e/ou fragmentos de proteínas, quando em casos de hipersensibilidade, causam inflamação da mucosa intestinal, aumentando a permeabilidade, sendo reconhecidos pelo sistema imunológico como elementos estranhos e agressores. São combatidos pelo sistema imunológico, formando imunocomplexos que, se não forem neutralizados,  serão depositados em tecidos e levando a processos inflamatórios.

São descritos na literatura mais de 150 sinais e sintomas associados à intolerância alimentar. Os sintomas mais comuns da intolerância alimentar são: desconfortos intestinais, inchaço, gases, enjoo, vômito, dor/cólica abdominal entre outros. A intolerância alimentar também pode desencadear processos de dor de cabeça/enxaqueca, depressão e acne. Excluindo o alimento da dieta por algum tempo (via de regra, por no mínimo 90 dias), tratando a mucosa intestinal e recompondo sua microflora, o alimento poderá ser reintroduzido à rotina do indivíduo observando sempre a frequência e a quantidade.

Diagnóstico da Intolerância Alimentar

Muitos indivíduos permanecem com o diagnóstico de Síndrome do Intestino Irritável por anos, até chegar ao diagnóstico definitivo de Intolerância Alimentar. Inicialmente são avaliados os sintomas após a ingestão de alimentos suspeitos pelo teste da provocação, sendo os alimentos suspeitos retirados da dieta para avaliação da persistência ou não dos referidos sintomas. Atualmente, o Laboratório Endocrimeta implementou mais este exame diferenciado para a intolerância alimentar, que avalia a pesquisa de anticorpos IgG presente no sangue frente à exposição a antígenos distintos pela metodologia de ELISA – Macroarray.

Alimentos Investigados no Exame da Intolerância Alimentar:

Leite e Ovos: Leite de Vaca, Ovo Total (clara e gema)

Peixes, Crustáceos e Frutos do Mar: Bacalhau, Hadoque, Linguado, Salmão, Truta,

Atum, Camarão, Caranguejo, Lagosta, Mexilhão.

Frutas: Maçã, Groselha Preta (Cassis), Azeitonas, Limão, Laranja, Grapefruit, Toranja,

Tomate, Melância, Melão, Melão Cantaloupe, Morango.

Grãos e Cerais: Trigo, Trigo duro, Glúten, Aveia, Arroz, Centeio, Milho.

Ervas e Especiarias: Gengibre, Alho, Mel, Fermento, Leveduras (panificação e bedidas).

Carnes: Carne Bovina, Frango, Cordeiro, Porco.

Castanhas e Sementes: Amêndoa, Castanha do Pará, Castanha de Caju, Noz, Noz de

Cola,Amendoim, Lentilha, Ervilha, Feijão, Soja, Cacau, Gergelim, Girassol.

Vegetais: Brócolis, Couve / Repolho, Cenoura, Alho Porró, Batata, Aipo, Pimentões, Cogumelo.